Home Depilação laser Lightsheer duet

Lightsheer Duet

O equipamento Lightsheer Duet de alta velocidade combina um laser de díodo de vanguarda com a tecnologia de vácuo assistida para eliminar a penugem indesejada com maior rapidez e comodidade do que outros métodos.

Lightsheer Duet,produz um feixe de luz maior e mais concentrado. A luz emitida é absorvida pelo pigmento situado nos folículos pilosos. Durante o procedimento, o laser emite impulsos por fração de segundo, o que permite que os pelos absorvam a luz e se aqueçam. O calor danifica o talo e o bolbo, e impede consideravelmente a sua capacidade para voltar a crescer. Além disso, permite que se tratem simultaneamente muitos folículos, o que resulta num tratamento muito mais rápido do que a depilação laser tradicional.

Lightsheer Duet oferece duas opções de peça de mão em virtude da necessidade:

  • Peça de mão de alta velocidade Lightsheer. Utiliza tecnologia de vácuo assistida, que em combinação com a luz do laser de díodo permite o tratamento das costas ou das pernas em 20 minutos, sem necessidade de anestesia.
  • Peça de mão clássica, ET com ChillTip ® de arrefecimento. Permite o tratamento de áreas menores. Todo o tipo de peles e bronzeadas no Verão.

Mais informações Laser

O QUE É A DEPILAÇÃO LASER?

A penugem contém um pigmento denominado melanina, que é o produto que lhe confere a cor. Quando um feixe de luz laser, com um determinado comprimento de onda e intensidade, interage com a penugem, a energia luminosa aplicada é absorvida pela melanina, transformando-se em calor. Este processo é o que se denomina de fototermólise seletiva, verificando-se a desnaturalização do bolbo piloso sem que os tecidos adjacentes sejam afetados.

1.- Os benefícios da depilação laser:

Consegue-se uma depilação permanente em pouco tempo. Melhora a qualidade da pele, aparece uma pele macia e elástica face às agressões que outros métodos de depilação tradicionais provocam. Ajuda, além disso, a eliminar a penugem enquistada e atenua problemas de foliculite, furunculose e hidradenite, inclusive no caso de abcessificações, ajudando na cicatrização das mesmas.

2.- Quem é que efetua o tratamento?

Na Centros Único, é sempre um profissional especializado e com uma vasta experiência, que traça ao paciente as normas a seguir, efetuando um seguimento personalizado de cada tratamento. Além disso, é efetuado um controlo médico durante todo o tratamento, para se garantirem os melhores resultados.

3- Como é que o laser de díodo atua?

O laser de Díodo é um feixe de luz que, absorvido de forma seletiva pelos pigmentos dos folículos pilosos, a melanina, provoca a destruição térmica das células responsáveis pelo crescimento dos pelos (folículos pilosos). A depilação laser requer várias sessões de tratamento. Isto deve-se ao facto de o laser conseguir desnaturar os folículos pilosos quando estes estão unidos à penugem, numa fase inicial do ciclo de crescimento da penugem (denominada anágena ou anagenese). Nem toda a penugem vai estar simultaneamente nesta fase.

4- Nem todos os lasers de depilação são iguais

Depende de dois fatores técnicos vitais para a efetividade do procedimento: que o laser disponha de um comprimento de onda ideal para alcançar a localização dos folículos pilosos na profundidade, na espessura epidérmica e de um sistema de arrefecimento que proteja a pele, para desta forma aumentarmos a segurança dos nossos pacientes. A comunidade científica internacional valoriza o laser de díodo como o melhor laser para depilação por diferentes motivos:

  • Resultados permanentes em poucas sessões;
  • Menor risco de efeitos secundários devido ao seu sistema de arrefecimento único;
  • Uma única sessão de três em três meses.

5.- A depilação é definitiva?

Na pele haverá folículos ativos e uma percentagem de folículos inativos. A depilação com laser consegue fazer com que os folículos destruídos fiquem eliminados de forma permanente. Tal como anteriormente explicamos, destruiremos os que se encontrem em fase anágena, pelo que os folículos não ativos e os que não se encontrem nesta fase deverão aguardar até a sessão seguinte para serem destruídos.

Ao longo da vida podem existir diferentes fatores que, num determinado momento, ativem algum folículo que atualmente se encontra inativo (e, portanto, sem possibilidades de destruição). Dentro destes fatores, deve-se ter em conta a importância das alterações hormonais idiopáticas e das iatrogénicas, e dentro destas últimas no transsexualismo é necessário que se tenha presente a medicação substitutiva hormonal.

6.- Quantas sessões são necessárias?

A duração do tratamento será traçada em função do tipo de penugem, zona a tratar e necessidades específicas de cada paciente.

7.- Quando convém começar o tratamento?

Idealmente depois do Verão, para que haja tempo suficiente para se aplicarem 3 sessões antes do estio seguinte. Utilizaremos evidentemente o laser adequado. Neste caso, o Lightsheer Duet dar-nos-á indubitavelmente tranquilidade e segurança com a confiança de que o tratamento poderá ser efetuado em qualquer época do ano e de acordo com as indicações dadas pelo especialista.

8.- É doloroso?

O tratamento é praticamente indolor. Experimentam-se sensações de frio/calor de duração muito curta e que não requerem qualquer tipo de gel ou creme anestésico. Depois de cada sessão pode-se continuar com a atividade normal.

9.- Quanto tempo dura cada sessão?

É um tratamento rápido. A duração depende da extensão da zona (desde 5 minutos no caso do lábio superior, 15 minutos para axilas ou virilhas até 1 hora para pernas completas).

10.- Podemos depilar zonas íntimas do nosso corpo que por vezes tanto nos incomodam (zona perianal, aréolas, etc.)?

Começaremos a dar resposta a esta pergunta falando das aréolas, um dos lugares onde a penugem se torna menos agradável na intimidade.

É uma zona anatómica especialmente sensível, dado que a sua pele é mais delgada do que noutras zonas e é uma zona erógena de primeiro nível, onde se localiza um dos centros de hipersensibilidade física. A penugem das aréolas pode desaparecer definitivamente dos mamilos com a depilação laser, porque é uma técnica considerada como definitiva para a eliminação da penugem supérflua.

A eliminação da penugem nessa zona é muito limitada. Por este motivo, as sessões para se acabar com esses pelos incómodos são muito curtas e, em geral, não são necessárias muitas sessões, nem muito tempo.

Relativamente à zona génito–anal a eliminação total da penugem é apenas uma questão de gosto, aspeto prático e comodidade de cada paciente.

Na Centros Único depilaremos toda a região perianal com toda a segurança e só evitaremos o ânus (zona mucosa) e os testículos onde a execução de laser está contraindicada. Nas raparigas podemos incluir nesta depilação os lábios (entrada) maiores contraindicando em todos os casos.

11.-É possível fazer o tratamento de depilação a laser no verão?

Sim, graças aos equipamentos usados na Centros Único que têm um sistema de refrigeração que permite o tratamento de depilação a laser também no verão.

  • A gravidez.
  • O padecimento de problemas imunossupressores onde se evidencie uma imunodepressão real (certos tumores, sida, etc.).
  • As infeções ativas da pele (Herpes Zoster ou simples, varicela, Impetigo contagioso, etc.).
  • Os problemas que representem uma deterioração significativa do estado de saúde (grandes problemas febris).
  • O retinol ou isotretinoína oral ROACUTAN®, TIGASON®, NEOTIGASON® (esperar 6 meses).
  • Depilação próxima dos olhos que possa permitir a entrada do laser no globo ocular e o seu impacto em estruturas pigmentadas como a íris e a retina.
  • Zonas de fraco apoio (zona interna da orelha, ouvido).
  • Mucosas.
  • Tatuagens.
  • As afeções oncológicas e os seus tratamentos.
  • A exposição solar e o bronzeado da pele.
  • As peles de raça negra.
  • A psoríase em situação não ativa.
  • A utilização concomitante de fármacos fotossensibilizantes.
  • A utilização de outros medicamentos (fazendo uma prova prévia da sensibilidade da pele).
  • As afeções neurológicas, tais como epilepsia e outras.
  • A utilização de contracetivos hormonais orais.
  • O uso de pacemaker.
  • As pessoas transplantadas.
  • Em caso de exposição solar ou raios UVA, informe antes de cada sessão, para se ajustarem os parâmetros de tratamento.
  • Não depile as zonas a tratar com cera ou pinças um mês antes do tratamento; utilize, se desejar, outros métodos que rapem os pelos mas não os arranquem.
  • Não aplique produtos de autobronzeamento na semana anterior ao tratamento.
  • Não descolore os pelos a depilar durante os 15 dias anteriores ao tratamento.
  • No dia do tratamento não use maquilhagem na zona a tratar (face ou áreas semelhantes).
  • Não utilize cosméticos que contenham Ácido Glicólico ou Ácido Retinóico nos três dias anteriores ao tratamento.
  • Não utilize desodorizante antes ou depois da sessão de laser, se tencionar depilar os pelos das axilas.
  • Se a sua pele sofrer de cloasma ou tendência para a hiperpigmentação, utilize um despigmentante local, que deve aplicar durante as duas semanas anteriores ao tratamento.
  • Caso sofra de herpes labial recidivante (mais de uma vez por mês), alerte para isso, para que inicie um tratamento de prevenção no dia anterior ao da sessão com laser.
  • O tratamento é contraindicado para pessoas que nos últimos 6 meses tenham-se submetido a tratamento oral com ROACUTAN®, TIGASON®, NEOTIGASON® (isotretinoína oral) e para pessoas que nos últimos 6 meses tenham submetido a zona a depilar a tratamento laser com C02, Érbio Yag ou dermoabrasão.
  • Compareça com a zona a tratar perfeitamente rapada, com lâmina ou creme depilatório, exceto a zona facial que será rapada pelo operador laser no próprio dia do tratamento.
  • É habitual o aparecimento de uma ligeira vermelhidão ou inflamação nas zonas tratadas. Isso é sinal de que o tratamento foi eficaz. Esta situação poderá durar cerca de 72 horas no máximo.
  • Pode fazer uma vida normal, exercício físico, tomar duche e lavar a zona tratada, embora o deva fazer com suavidade e cuidado para não aumentar a inflamação e vermelhidão que aparecem devido ao tratamento. Evitar saunas ou o uso de água muito quente no banho enquanto não decorrerem 24 horas.
  • Alguns pacientes (geralmente de pele escura ou bronzeada) podem experimentar pequenas vesículas ou bolhas que desaparecem. Raramente podem deixar uma mudança de cor da pele, que se normalizará posteriormente, decorridas algumas semanas.
  • Quando tiverem decorrido vários dias, os pelos tratados libertar-se-ão facilmente dos seus folículos.
  • Este facto pode ser interpretado de forma errada pelo paciente, deduzindo que os pelos voltam a crescer e que o tratamento não foi eficaz.
  • Isso não o deve alarmar. O tratamento foi eficaz e feito com segurança, e simplesmente implica que o resto dos pelos tratados com laser se deve eliminar e a única via de saída e eliminação para o exterior é o próprio folículo, dando a impressão de que crescem novamente, quando na realidade estão a cair definitivamente. Pode ajudá-los a cair friccionando suavemente com uma toalhinha humedecida. A hidratação local favorece a queda dos pelos destruídos.<
  • Pode aplicar gel de Aloé Vera ou cremes hidratantes na zona tratada.
  • Caso exponha a pele ao sol, deverá utilizar um protetor solar mínimo de 30 SPF (facial todo o ano).
  • Alerte para qualquer efeito secundário que note na zona tratada; não hesite em consultar-nos.

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar-lhe publicidade relacionada com suas preferências mediante a análise de seus hábitos de navegação. Se contínua navegando, consideramos que aceita seu uso. Pode obter mais informação. aquí.